top of page

Exposições Imersivas

Atualizado: 19 de nov. de 2021

Oi pessoal! Aqui é a Nicole, e hoje queria falar um pouco sobre exposições imersivas! Primeiramente, vale contextualizar e dar uma pequena explicação sobre o tema: exposições imersivas têm como objetivo introduzir as pessoas em espaços digitais que proporcionem experiências multissensoriais, criando novas maneiras da arte se relacionar com o público, permitindo que esses interajam com as obras.


A partir de 2019, muitos museus e equipamentos culturais, principalmente da cidade de São Paulo, passaram a dar mais atenção e aderir a esse tipo de entretenimento. A exposição de 500 anos do Leonardo da Vinci é um grande exemplo. Ela foi considerada a investigação mais completa e detalhada sobre o trabalho do artista, apresentando 18 áreas temáticas que contam sua trajetória. E com esse sucesso (eu fui e realmente vale muito a pena) a exposição foi reaberta virtualmente em 2021, e ficará disponível até 31 de dezembro do mesmo ano.



Caso você tenha se interessado pelo tema, São Paulo vai receber em 2022 uma exposição imersiva sobre o Van Gogh. Exibida em 2019 no Atelier des Lumières, em Paris, ela chegará ao MIS Experience, Museu da Imagem e do Som, no início do próximo ano (se tudo der certo). Serão 150 projetores responsáveis por reproduzirem mais de 3.000 imagens nas paredes, no chão e no teto, dando ao público a sensação de estar dentro das obras do artista. Então já anota aí na sua agenda que depois da segunda dose você tem compromisso, e não esqueça a máscara e o álcool em gel!


Links importantes:

73 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page